QUERO RECEBER NOTÍCIAS

Preencha os campos abaixo e cadastre-se para receber notícias em seu email:
CADASTRE-SE
Rádio Santa Cruz Rádio Santa Cruz Ao Vivo - Ouça a Rádio Santa Cruz AM
Atendimento ao ouvinte: 37 3232 1588

Notícias do Dia

Compartilhar Facebook Twitter Google Comentar

Não renunciarei, afirma Presidente Michel Temer em pronunciamento

18/05/2017

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

O presidente Michel Temer afirmou na tarde desta quinta-feira (18) no Palácio do Planalto que não teme delação e que não renunciará. Ele fez um pronunciamento motivado pela delação premiada dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS. As delações já foram homologadas pelo Supremo Tribunal Federal. Nesta quinta, o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, autorizou a abertura de inquérito para investigar o presidente.

"No Supremo, mostrarei que não tenho nenhum envolvimento com esses fatos. Não renunciarei. Repito: não renunciarei. Sei o que fiz e sei a correção dos meus atos. Exijo investigação plena e muito rápida para os esclarecimentos ao povo brasileiro. Essa situação de dubiedade e de dúvida não pode persistir por muito tempo", declarou.

Reportagem publicada no site do jornal "O Globo" nesta quarta (17) informou que Joesley Batista entregou ao Ministério Público gravação de conversa na qual ele e Temer falaram sobre a compra do silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso na Operação Lava Jato.

"Não temo nenhuma delação, nada tenho a esconder", disse Temer. "Nunca autorizei que se utilizasse meu nome", declarou o presidente. 
Ele afirmou que nunca autorizou que se pagasse a alguém para ficar calado. "Em nenhum momento autorizei que pagasse a quem quer que seja para ficar calado. Não comprei o silêncio de ninguém", declarou.

"Meu governo viveu nesta semana seu melhor e seu pior momento", disse Temer, em referência a indicadores de inflação, emprego e desempenho da economia e à revelação da delação dos donos da JBS. "Todo o esforço para tirar o país da recessão pode se tornar inútil", afirmou.

Segundo o presidente, "a revelação de conversas gravadas clandestinamente trouxe fantasmas de crise politica de proporção ainda não dimensionada".

G1/Política



Há 0 comentários. Comente essa notícia.


Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim




Seja o primeiro a comentar

Escreva as letras correspondentes à imagem abaixo:

Rádio Santa Cruz AM
Avenida Presidente Vargas, 372 - Pará de Minas - MG - Brasil
Fone: (37) 3232-1588 - Email: comercial@santacruzam.com
Agência Treis © Copyright - 2011 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz AM. Desenvolvido por: